ÁGUA DE CONSUMO HUMANO e COVID-19

VIGIAGUA_400.jpg VIGIAGUA.jpg -

Tendo em vista a declaração de estado de pandemia da doença infecciosa conhecida como COVID-19 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), estamos repassando alguns documentos que podem auxiliar às Secretarias de Saúde dos municípios sobre atenção com a distribuição de água potável e a prevenção de riscos ao COVID-19.

Em anexo os seguintes documentos:

  • Comunicado realizado pelo centro de Vigilância Sanitária de SP;
  • Orientação da OMS - Water, sanitation, hygiene, and waste management for the COVID-19 virus e sua tradução (arquivo word), dentre outros.

Na Oportunidade compartilhamos ainda dois importantes portais de informações relacionadas ao tema: OMS e Global WASH Cluster, que a OPAS/Brasil nos enviou:

1) Em resposta à crescente disseminação do COVID-19, a Organização Mundial de Saúde (OMS) publicou vários documentos de orientação técnica sobre tópicos específicos, dentre os quais prevenção e controle de infeções causadas por vírus (incluindo coronavírus), que estão disponíveis em: https://www.who.int/emergencies/diseases .

Dentre tantos tópicos sobre WASH e COVID-19, especialmente na parte de "prevenção e controle de infecções (IPC)" e "trabalhadores de saúde", é possível encontrar informações sobre: 

  • Higiene das mãos/boas práticas de higiene;
  • Gerenciamento de água potável e saneamento;
  • WASH em estabelecimentos de saúde; e
  • Profissionais de saúde.

Estudos e notícias sobre esses e outros assuntos sobre a doença e os cuidados necessários são atualizados oportunamente no site da OMS.

2) Outra iniciativa que reúne documentos de diversas organizações, incluindo a OMS, é da Global WASH Cluster (GWC). Por meio do link GWC Covid-19 Resources é possível acessar recursos atualizados sobre o tema WASH relacionados à resposta global ao COVID-19.

Ambos os repositórios de informações vem sendo atualizados constantemente, por isso alguns documentos podem ficar indisponíveis momentaneamente.

Entretanto considerando que o tratamento da água em sistemas e soluções impedem que muitos patógenos sejam transmitidos pela água, como o vírus, faz-se necessário o monitoramento do tratamento da água bem como a verificação da cloração/desinfecção das formas de abastecimento, bem como distribuição de hipoclorito de sódio a 2,5% e orientações sobre utilização adequada para correta desinfecção. O coronavírus, que causa o COVID-19, é um tipo de vírus particularmente suscetível à desinfecção, e espera-se que o tratamento padrão e os processos desinfetantes sejam eficazes.

Dessa forma, por meio do Ministério da Saúde recebemos documentos e informações sobre o coronavírus em água para consumo humano e efluentes, e estamos encaminhando novamente a Nota Técnica Nº 002/2016 Sobre indicador 05 do PQA-VS, que tem como meta 75% de análises obrigatórias realizadas para o residual cloro desinfectante e uma opção de Kit de análise de cloro.