Plano de Ação Regional de Educação Permanente em Saúde – PAREPS

Em atendimento a Portaria GM/MS/Nº 1996/2007 que dispõe sobre as diretrizes para implementação da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde, sendo enfatizado no Artigo 2º, a elaboração do Plano de Ação Regional de Educação Permanente em Saúde – PAREPS, no ano de 2014 a  Escola Tocantinense do Sistema Único de Saúde – ETSUS, por meio da Gerencia da Educação na Saúde - GES, em conjunto com a Comissão de Integração Ensino-Serviço – CIES/CIB-TO, instituiu o processo de planejamento regional para a Educação Permanente em Saúde no Estado do Tocantins, com o objetivo de definir as ações de Educação Permanente em saúde das Regiões de Saúde para o exercício do ano 2015/2016.

O Plano de Ação Regional de Educação Permanente em Saúde – PAREPS, teve sua construção a partir de um planejamento coletivo com definição das prioridades e responsabilidades de cada ente, e o apoio para a execução do processo de construção em cada Região de Saúde da Comissão Intergestores Regional – CIR, sendo consideradas as especificidades regionais, a superação das desigualdades regionais, as necessidades de formação e desenvolvimento para o trabalho em saúde e a capacidade já instalada de oferta institucional de ações formais de educação na saúde de cada Região de Saúde.

O Plano de Ação Regional de Educação Permanente em Saúde – PAREPS foi aprovado em todas as Regiões de Saúde do Tocantins, com a adesão de 117 municípios e disponibilização de 6978 vagas nos 35 cursos que serão ofertados aos trabalhadores da saúde com uma previsão de gastos no valor de R$ 1.635.672,55 (um milhão seiscentos e trinta e cinco mil, seiscentos e setenta e dois reais e cinquenta e cinco centavos). É importante ressaltar que a liberação desse recurso (para a educação permanente) depende da expedição de portaria a ser publicada pelo Ministério da Saúde.