Covid-19 07/04/2021 - 11:58 - Mariana Ferreira/Governo do Tocantins

Reunião analisa inclusão das forças de segurança no grupo prioritário de imunização contra a Covid-19

Planejamento para vacinação será elaborado e apresentado na próxima segunda-feira Planejamento para vacinação será elaborado e apresentado na próxima segunda-feira - André Araújo/Governo do Tocantins
Secretário Estadual de Saúde, Edgar Tollini, recebeu representantes nesta quarta-feira Secretário Estadual de Saúde, Edgar Tollini, recebeu representantes nesta quarta-feira - André Araújo/Governo do Tocantins

O secretário estadual de Saúde, Edgar Tollini, recebeu nesta quarta-feira, 07, representantes das forças de segurança do Estado para tratar sobre a imunização da classe. Por ordem do governador do Tocantins, Mauro Carlesse, o grupo deverá ser incluso no plano de imunização estadual como prioritário, visto que atua na linha de frente no combate a Covid-19, reforçando a segurança e garantindo que as medidas preventivas contra o novo coronavírus, sejam cumpridas nos 139 municípios.

Segundo dados preliminares, o Tocantins contabiliza cerca de 9 mil servidores das forças de segurança como Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Polícia Penal, Corpo de Bombeiros e Forças Armadas.

Ainda em reunião, foi discutida a possibilidade de 50% deste quantitativo ser incluso na próxima etapa de imunização, sendo de responsabilidade dos órgãos de segurança elaborar um planejamento quanto ao grupo inicial imunizado.  Ao mesmo tempo, a Secretaria de Estado da Saúde, irá planejar o redirecionamento dos imunizantes, junto ao Ministério da Saúde (MS) para esse grupo, sem prejuízo aos demais grupos prioritários, já definidos anteriormente. O planejamento a ser apresentado pelas forças de segurança deverá ser analisado em outra reunião, que ocorrerá na próxima segunda-feira, 12.

Além dos representantes das forças de segurança, estiveram presentes na reunião diretores da SES, o secretário da Segurança Pública, Cristiano Sampaio, além do chefe de gabinete do governador, Sebastião Albuquerque Cordeiro, que na ocasião representou o governador Mauro Carlesse.