Tuberculose

TUBERCULOSE_400.jpg TUBERCULOSE.jpg -

 

TUBERCULOSE

O que é a Tuberculose e qual sua causa?

Doença infecciosa e transmissível, causada pelo Mycobacterium tuberculosis, que afeta prioritariamente os pulmões, embora possa acometer outros órgãos e sistemas.

Como se transmite a Tuberculose?

A tuberculose é uma doença de transmissão aérea: ocorre a partir da inalação de aerossóis oriundos das vias aéreas, expelidos pela tosse, espirro ou fala de doentes com tuberculose pulmonar ou laríngea. Somente pessoas com essas formas de tuberculose ativa transmitem a doença.

Quais são os sintomas da Tuberculose?

Tosse por mais de três semanas, produção de catarro, febre, sudorese, cansaço, dor no peito, falta de apetite e emagrecimento são os principais sintomas da tuberculose. Nos casos mais avançados, pode aparecer escarro com sangue. Pessoas com esses sintomas associados ou isoladamente devem procurar um Posto de Saúde o mais rápido possível, pois o tratamento é gratuito e deve ser iniciado imediatamente.

Quais exames utilizados para diagnóstico da Tuberculose?

Para o diagnóstico da tuberculose são utilizados os seguintes exames: baciloscopia, teste rápido molecular para tuberculose e cultura para micobactéria, além da investigação complementar por exames de imagem. O diagnóstico clínico pode ser considerado, na impossibilidade de se comprovar a suspeita de tuberculose por meio de exames laboratoriais. Nesses casos, deve ser associado aos sinais e sintomas, o resultado de outros exames complementares, como imagem e histológicos.

Como se trata a Tuberculose?

A tuberculose tem cura desde que obedecidos os princípios básicos da terapia medicamentosa (associação medicamentosa adequada, doses corretas e uso por tempo suficiente) e a correta operacionalização do tratamento.

O tratamento, que dura no mínimo seis meses, é gratuito e disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O tratamento da tuberculose é feito com 4 drogas na fase intensiva (2 meses) do tratamento com isoniazida, rifampicina, pirazinamida e etambutol. Na fase de manutenção (quatro meses subseqüentes) utilizam-se rifampicina e isoniazida.O tratamento deve ser diretamente observado (TDO).

Quais as principais medidas de prevenção e controle da tuberculose?

As principais medidas de prevenção e controle da tuberculose dizem respeito à identificação de casos suspeitos e ao tratamento adequado dos casos confirmados. Também são importantes a oferta da vacina BCG (seguindo o calendário vacinal estabelecido), a identificação e o tratamento da infecção latente da tuberculose, além das medidas de controle de infecção por aerossóis em serviços de saúde (ver mais no Manual de Recomendações para o Controle da Tuberculose no Brasil, 2011).

 

EQUIPE TÉCNICA DE ASSESSORAMENTO DA TUBERCULOSE

 

Kaio Erlyn Vieira Araújo

Enfermeiro

 

Luciene Guimarães Souza

Cirurgiã Dentista

 

Werenna Alves Moura

Fisioterapeuta

 

ÁREA TÉCNICA DE ASSESSORAMENTO DA TUBERCULOSE/SES-TO

Governo do Tocantins

Secretaria de Estado da Saúde - ANEXO I

Q. 104 Norte, Av. LO 2, Lt. 30 (Ed. Lauro Knop)

Plano Diretor Norte - Palmas/TO

77 006-022

063 3218 3317