Gerência de Imunização

Logo Imuniza - imagem_400.jpg Logo Imuniza - imagem.jpg -

Várias são as doenças imunopreveníveis, e o controle destas, dependem das ações efetivas desenvolvidas em cada município, desde o recebimento dos imunobiológicos, conservação, manuseio, transporte, manutenção da qualidade das vacinas, captação de suscetíveis, assim como a administração das vacinas constantes do calendário básico de vacinação da criança, adolescente, adulto e idoso, para que estas cheguem ao público alvo em adequadas condições, seja nas ações desenvolvidas no serviço de rotina, intensificação vacinal com resgate de suscetíveis e ou nas ações de campanha.

O Programa Nacional de Imunização organiza toda a política nacional de vacinação da população brasileira e tem como missão o controle, a erradicação e a eliminação de doenças imunopreveníveis. É considerada uma das principais e mais relevantes intervenções em saúde pública no Brasil, em especial pelo importante impacto obtido na redução de doenças nas últimas décadas. Os principais aliados no âmbito do SUS são as secretarias estaduais e municipais de saúde.

A vacinação é o meio mais eficaz para se proteger contra doenças e hoje o PNI conta na rotina de vacinação com 20 imunizantes, os quais apresentam eficácia que justifica a utilização e disponibilização destes à população que busca as salas de vacina. É preciso estar atento à idade, condição clínica individual, história vacinal prévia, que deve ser avaliado através da análise da história vacinal no cartão de vacina do usuário ou de seu cartão de aprazamento ou registro individual do vacinado ou através do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI) e-SUS APS onde o usuário reside e ou esteve pela última vez em que foi vacinado.

A Gerência Estadual de Imunização  segue as recomendações técnicas do Programa Nacional de Imunizações, tanto em relação à rotina quanto às campanhas de vacinação, conforme recomendado na Portaria/GM/MS nº1533 de 18 de agosto de 2016 e o Ofício Circular Nº 41/2020/SVS/MS que atualiza o calendário básico de vacinação para toda a população brasileira, tanto para crianças quanto para adolescentes, adultos e idosos, com recomendações específicas para população indígena e campanhas de vacinação, assim como as recomendações complementares.